Visão, Missão e Princípios

Visão, Missão e Princípios


VISÃO

Compelido pelo amor de Cristo,
Capacitado pelo Espírito de Deus,
Impactando o mundo,
Saturando as comunidades empresarial e profissional com o Evangelho de Jesus Cristo,
Estabelecendo, equipando e mobilizando equipes onde trabalhamos e vivemos para que se tornem multiplicadores espirituais.
“O menor virá a ser mil…” (Isaías 60:22)

MISSÃO

Compartilhar a fé em Jesus Cristo com as comunidades empresarial e profissional, ajudando pessoas a alcançar uma experiência com Deus.
Discipular e capacitar homens de negócios e profissionais cristãos a levar avante a Grande Comissão dada por Jesus.
Servir as comunidades empresarial e profissional como seguidores de Jesus Cristo.
“O menor virá a ser mil…” (Isaías 60:22).

PRINCÍPIOS 

O CBMC BRASIL é uma para-eclesiástica, convencida de sua função na evangelização do segmento empresarial e profissional. Por isso, além de atuar de forma autônoma como organização mundial, trabalha também em parceria com igrejas evangélicas locais, treinando os membros que são homens de negócios e/ou profissionais liberais, para levarem seus pares à fé em Jesus Cristo, usando uma estratégia diferenciada. Apesar dessa ligação com as igrejas, o CBMC é um movimento sem vínculo denominacional.

Os membros do CBMC são membros ativos em suas igrejas, onde a maioria tem intensa participação. Por isso, o CBMC busca evitar conflitos de horários e superposição de atividades, para não criar problemas de participação de seus membros, nas atividades de sus igrejas.

As atividades do CBMC são desenvolvidas durante a semana de trabalho, ou seja, de segunda a sexta-feira. Reuniões aos sábados são raros, normalmente de treinamento. Porém, nunca aos domingos.

O CBMC é sustentado através da contribuição financeira espontânea de seus membros e daqueles que são tocados por Deus para o sustento deste ministério, sem prejuízo da contribuição para sustento da igreja onde o contribuinte é membro.

As reuniões do CBMC, como visam alcançar homens de negócios e profissionais não cristãos, são diametralmente opostas a toda a liturgia eclesiástica. Tem sido nosso princípio desde os primórdios da organização, criar um ambiente diferente, porém onde o não cristão se sinta à vontade e sem qualquer discriminação. Por isso, nas reuniões públicas, os membros adotam o tratamento de “companheiros” e não o de “irmãos”, permitindo aos participantes não cristãos fumar ou tomar sua bebida preferida.


Topo